segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Estava eu tão sossegado...


Com o espírito natalício, tenho andado calado. Mas obrigaram-me a voltar à carga... ele é o sr. Silva que não concorda mas promulga (não tem tomates para dizer NÃO... BASTA!!!)... apesar de ser pago por todos nós (os pagantes de impostos), deixa dar mais umas machadadas na já frágil Democracia Portuguesa.

Não me provoquem por favor... estava tão sossegado no meu cantinho a curtir o espírito da época... mas estes gajos não descansam...

Tenho estado a guardar o meu rancor e asco para a senhora juíza que impôs à pobre ESMERALDA mais uns tempos com o biológico. Esta senhora deve ser estéril e desconhecer uma coisa que qualquer fêmea sabe... o instinto de protecção às crias. Se não é estéril, deve ser uma daquelas solteironas traumatizadas que nenhum homem perguntou o que andava cá a fazer... isto na melhor das hipóteses... porque depois de eu, pobre inculto e ignorante, ouvir opiniões de sumidades na matéria, defrontar-me com uma coisas destas... das duas, três: ou acertei numa das hipóteses anteriores ou mais grave, a justiça em Portugal está à venda. Qualquer pessoa em seu perfeito juízo não proferia tal resolução, a menos que fosse com as mão «bem untadas». Sim sei que a crise é grande e geral, mas por em risco uma criança...
Só pergunto, para quando a avaliação desta classe que está acima de todas as leis, pode fazer a merda que quer ou lhe é encomendada... e milagre... continua impune... não acredito na justiça em Portugal, e muito por culpa destes recalcados que se refugiaram nela. Que não sejam só os profs a serem avaliados... reparem que existem outras classes mais precisadas de serem avaliadas e por ventura penalizadas.





.

Tão ladrão é o que vai à vinha...

(Publicado no Jornal de Notícias e, depois de toda a Nação também ouvir...)

«Numa declaração proferida, esta segunda-feira, no Palácio de Belém, o chefe de Estado considerou que a "democracia portuguesa sofreu um sério revés" e apontou mesmo "interesses partidários" na questão do novo estatuto político dos Açores.»


Não percebo... o sr Silva não é o garante da Democracia em Portugal? Se não é para que estão os Portugueses a pagar o seu segundo ou terceiro vencimento?
Se é um cargo decorativo nesta miséria de país, acabe-se já com o cargo.

Cavaco Silva acrescentou que a situação agora criada "jamais poderá ser corrigida: uma outra Assembleia da República vai estar impedida de corrigir aquilo que agora se fez, porque foi acrescentado ao Estatuto uma disposição que proíbe à Assembleia da República alterar as normas que não tenham sido objecto de propostas do Parlamento açoriano".

Cartoon de Henrique Monteiro

Continuo a não entender... o senhor só veio dizer ao país que a democracia está há muito metida na gaveta deste governo, que não concorda, que está tudo errado, mas que, porque entende as histórias de tachos e favores, vá lá... é Natal... toda a merda pode ser perdoada...

«Cavaco Silva promulgou o novo Estatuto Político-Administrativo dos Açores, mas enviou vários recados à Assembleia da República. O chefe de Estado acaba assim por aprovar um documento sobre o qual discorda.»


O nosso povo tem razão quando diz: «Tão ladrão é o que vai à vinha como o que fica à espreita». Que falta de personalidade, de honestidade... que pais este... que vergonha... que hipocrisia...
... e era o tal que dizia não ter dúvidas e raramente se enganar...


.

Canções de Natal...

.









.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Hoje recordei...

Hoje, sem querer dei por mim a falar de Janis Joplin com uma amiga.



Janis, um doce de menina que a loucura dos anos 60, o álcool e a heroína, cedo levaram deste mundo, tornando-o mais pobre.







Janis Joplin, que quando cantava não usava só a voz. Em palco, punha a alma em cima da melodia como em "Me and Bobby McGee", ou nem precisava dela como em "Mercedes-Benz".



















Janis Joplin, cresceu ouvindo músicos de blues e foi influenciada por eles desde muito jovem.

Hoje, com uma amiga, recordei Janis Joplin. Hoje, penso que se preocupou demais com o amanhã.



"Posso não durar tanto quanto as outras cantoras, mas sei que posso destruir-me agora se me preocupar demais com o amanhã."Janis Joplin



.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Boas Festas

.


Amigos... a todos os que me aturaram as birras e desabafos ao longo deste tempo, aos que ainda têm "pachorra" para visitar este meu canto, este fraco muro de lamentações, a TODOS, desejo um Bom Natal. Que o Deus Menino vos traga tudo de bom para as vossas vidas, independentemente das vossas crenças religiosas. Meus amigos, para todos vós, um apertado abraço natalício.



.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

O "Zarolho"...







Porque é que há pessoas, com falta de pontaria? LIBERTEM JÁ O HOMEM...


.

domingo, 14 de dezembro de 2008

A verdade... só não vê quem não quer!



Recebi um email com o texto que passo a transcrever. Não é novidade para mim que, já há algum tempo, ando a chamar a vossa atenção para o assunto. Basta consultar aqui os postes anteriores. Achei foi curioso, só agora algumas consciências estarem a despertar para o que era óbvio há muito tempo. Só espero que quem me chamou louco, alucinado... não se venha a arrepender de o ter feito. Quem recorreu ao email anónimo para me insultar, sem nunca me conseguir contradizer com factos, finalmente ganhe a inteligência suficiente para me entender (isso duvido), e que deixe de ser tão burro para viver na esperança de um "tacho" ou, de uma migalha atirada, qual rafeiro viralatas servil e esfomeado.
Creiam, adorava reconhecer, um dia, que estive enganado. Era sinal que toda a nação estaria melhor e eu, jamais me acharia "arauto da desgraça".
Finalmente, este email anda a circular; talvez possa sensibilizar mais gente, que este humilde blogue. Talvez desperte algumas almas adormecidas. Tenhamos fé.
Aqui vai o email, com carinho a quem se lembrou de mim e o mandou, apesar de parecer desconhecer este Blogue:


*Professores e familiares - leiam que é grave* !

O nosso país não sabe e não se apercebe, mas a grande maioria dos professores que estão no terreno já sabe que 30 anos após o 25 de Abril, estamos a assistir à destruição do sistema de ensino em Portugal.

Os motivos? ....fácil:
- Poupar nos profissionais (professores) para continuar a embolsar para diminuir o défice e encher os bolsos dos amigos que mamam à grande no Estado, desde administradores a gestores e passando pelos privados que recebem favores cada vez mais inconcebíveis! Até vão poupar nos profissionais que lidam com crianças deficientes (incluindo deficiências profundas, surdos, mudos, cegos, etc...) fechando os estabelecimentos apropriados a estes casos, colocando-as todas "inseridas" em turmas comuns numa escola normal!!!
Para fazer o quê?

Apenas porque o professor tem o dever de dar aulas? Não !!!!!
- É para descredibilizar a Escola Pública e abrir caminho para os negócios privados da Educação que aí vêm! O último grande negócio que lhes faltava!

Criar um país de absolutos ignorantes com um papel passado de frequência da escola que será obrigatória como depósito de pessoas, até ao 12º ano.
Nunca terão emprego capaz! Não terão capacidade nem conhecimentos para protestar e deitar abaixo uma minoria de ditadorzinhos e exploradores que se alimentará e viverá em extrema riqueza à custa de todos!

Já Salazar sabia o perigo do povo ter instrução: - A CULTURA LIBERTA!!!
O burro aceita o cabresto!!!

- Aparentar na Europa que temos perto de 100% de alfabetização e frequência da escola até ao 12º ano. Uma colossal mentira!


Para isto, atacam todos os dias os professores, como se fossem os culpados de tudo o que não corre bem no ensino, pelo caminho os pais (4 milhões de votos...) são promovidos a santos e descartados de toda a responsabilidade na educação dos seus filhos (até aplaudem que no 5º e 6º anos os alunos passem a estar 11 horas por dia na escola!!! E no 1º ,2º, 3º e 4º anos, já passam 7 horas diárias!!! não querem filhos? Para que os tiveram?) e os alunos são promovidos a semi-deuses, podendo faltar às aulas a gosto, não trabalhando, não tendo disciplina, obrigações nem educação perante outras pessoas e estando garantida a sua passagem seja como for, e se ele não sabe nada, a culpa é do professor, claro !

De repente, todos os professores que formaram milhões de Portugueses em 30 anos são incompetentes e maus profissionais, segundo este governo!

Talvez devam começar a pensar que toda a base da nossa sociedade começa na educação e formação do nosso povo, senão seriam todos uns pobres labregos a trabalhar por uma côdea de pão, e são os professores os agentes dessa formação!
A base do nosso estilo de vida e da nossa sociedade!

Abram os olhos e digam a outros, pois a campanha de intoxicação das televisões por conta do governo tem impedido que as pessoas fora das Escolas saibam do que se passa!

A avaliação do desempenho de professores é uma patranha para escamotear mais uma poupança para combater o défice!






.

sábado, 13 de dezembro de 2008

O meu próximo voto...

Com todos os atentados à educação que este governo de ignorantes tem feito, onde diariamente me sinto humilhado e gozado por estes imbecis, que tiram formações ao domingo (ou devo dizer cursos de fim de semana em qualquer universidade modernaça), resolvo tornar público o meu voto. É triste, uma coisa que devia ser secreta... a minha intenção de voto...
Neste partido que põe o País na falência, que julga que todos os organismos são empresas, que só protege os amigos banqueiros, administradores amigos e ex-políticos... fica aqui o meu VOTO tornado público.




.

sábado, 29 de novembro de 2008

Assim vão as escolas portuguesas.


Num país que parece não perceber as lutas da Educação, onde diariamente ouço comentários contra os professores, um grande OBRIGADO ao Henrique Monteiro, pela sua atenção ao país real em que vivemos. Com um traço inconfundível, chama a atenção para o nosso dia a dia.

Aos BURROS que ainda não perceberam que estão a ser manipulados por uma comunicação social vendida ao poder político, que insiste em defender as birras alucinadas de uma ministra estúpida e a arrogância não menos alucinada do seu primeiro ministro (não o reconheço como meu!), reafirmo que tudo isto é o reflexo do trabalho deste governo de incompetentes. Estão mais preocupados em poupar uns míseros cobres à custa da educação, para depois os distribuir pelos amigos e possivelmente "patrões", do que apostar na real evolução do país. Quando se sacrifica a educação e formação dos jovens, está-se a empenhar o futuro. Isto é elementar, mas parece que os lacaios deste PS, os tais das bandeirinhas, que histericamente aplaudem estes desgovernantes na esperança de um tachito, ainda não quizeram perceber, mesmo que seus filhos estejam a ser prejudicados. É simplesmente lamentável.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

A obra máxima da srª Ministra = Avaliação

Ainda a avaliação de Prof's, para quem tenha dúvidas

O que pode acontecer a quem se recusar a ser avaliado?

Além da não progressão na carreira, o impedimento da candidatura à categoria de "professor titular" - com implicações nas remunerações e acesso a cargos de chefia - é a consequência mais palpável da recusa da avaliação. A impossibilidade de renovar o contrato com a escola, nos casos do vínculos a termo certo, poderia fazer recuar muitos professores em início de carreira. Mas essa será uma questão indiferente no próximo ano. Isto porque, como vão decorrer concursos nacionais de colocação de professores, nenhum contratado pode, em qualquer caso, renovar automaticamente o vínculo, tendo sempre de disputar as vagas.

Por outro lado, como os concursos começam logo no início do ano e as avaliações - a concretizarem-se - só estarão concluídas em Julho, também não deverá ser possível impedir o acesso às vagas a professores que venham a recusar ser avaliados.

Outra consequência é a impossibilidade do acesso aos "prémios de excelência", uma gratificação pecuniária para quem repita avaliações de excelência. Fora do horizonte fica ainda a candidatura ao Prémio Nacional do Professor, de 25 mil euros.

Mais difíceis de descortinar são as eventuais sanções da recusa. A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, avisou mais de uma vez que rejeitar a avaliação será considerado um "acto individual", sujeito a "consequências", mas o próprio ministério já pôs de parte, pelo menos no imediato, o desencadear de processos disciplinares.

O DN tentou, sem sucesso, ouvir especialistas em Direito Administrativo e do Trabalho sobre possíveis punições aplicáveis. Porém, o decreto-lei 2/2008 - o novo estatuto da carreira - parece ser omisso na matéria. Aliás, o único "dever" imputado ao avaliado é fazer a auto-avaliação no final do ano lectivo. Mas o que muitos professores não estão a fazer neste momento é a entrega dos "objectivos individuais".

Relativamente aos objectivos, o que diz o estatuto é que estes devem partir do avaliado, sendo definidos por acordo com o avaliador. Se não houver entendimento, este último tem a palavra decisiva. Mas não está prevista a não apresentação de qualquer proposta. É esse aparente vazio legal que muitos professores podem aproveitar para travar o processo desde a sua raiz.

Fonte: DN de 16/11/08

sábado, 15 de novembro de 2008

Achei agora...

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

É preciso ser BURRO...


Pois é...
... é precisa muita estupidez para não saber ler (entender) todos os sinais que diariamente são enviados aos
competentes(?) dirigentes deste país. 120 mil na rua... não é nada de grave... e é para ignorar. Quando crianças fazem chover ovos sobre a ministra da educação... e hoje sobre os seus secretários de estado... é o quê? Manobras da oposição? Má vontade dos sindicatos das crianças?



Alguma coisa vai mal... quando nem as crianças e jovens respeitam os seus governantes... não, isto já não vai nem com um«magalhãezito»...
Como comecei... é preciso ser BURRO para não entender o que se está a passar... pensei que fosse autismo, mas qual quê? -é burrice e não só política.



.

domingo, 2 de novembro de 2008

O GOVERNO DA LATINHA...


A nova alcunha do Governo é 'LATINHA'...

Nós andamos pela rua e, apontando para as portas fechadas e dizemos:
LÁ TINHA uma loja...
LÁ TINHA uma fábrica...
LÁ TINHA um armazém...
LÁ TINHA trabalhadores... LÁ TINHA esperança...
LÁ TINHA uma escola...
LÁ TINHA um serviço de urgência...
LÁ TINHA esperança de dias melhores...

Hoje, lá não tem nada porque o governo... simplesmente as FECHOU...

Esperemos o dia em que qualquer Português que passe pela Assembleia da República diga:
«Lá tinha aldrabões, corruptos, e toda uma escumalha... que depois de eleita ia para o governo».


.

sábado, 25 de outubro de 2008

Socorro... fui mais uma vez roubado.

Eu sei que é o que sucede quando pessoas sem escrúpulos se instalam no poder. A noção de Pátria está fora do conceito que, cobardes que fugiram à tropa, podem ter do que Pátria quer dizer. Talvez por isso, agora, roubem nas pensões dos ex-combatentes. Precisamente dos que tiveram a coragem de ir para a frente de combate, em vez de fugir cobardemente e depois, em Abril de 74, chegarem com sorrisos e ar de heróis. Uma trampa. Estes gajos metem-me nojo. São repugnantes. Não os respeito nem respeitarei. Sei que não precisam do meu respeito, têm sempre os profissionais das bandeirinhas e comícios para os bajular, para participar na encenação mediática, em troco da promessa mesmo que velada de um tacho.
Como já tinha falado noutro poste, o roubo estava eminente. Agora é consumado, como foi noticiado no passado dia 18 do corrente mês, no Jornal de Notícia: «A oposição criticou duramente a proposta . "Uma vergonha", disse o deputado Henrique Freitas (PSD). "Há ironias. Ontem discutimos 20 mil milhões para salvar os bancos. Hoje estamos a discutir três milhões de euros poupados à custa de antigos combatentes. "Pelo CDS - o partido que originalmente propôs a criação deste complemento de reforma para os antigos combatentes, criado em lei em 2002 - falou João Rebelo. O deputado salientou que a regulamentação governamental irá "penalizar os militares que mais tempo estiveram no Ultramar". O PCP e o Bloco também contestaram a lei, tendo o PCP sublinhado que continua por resolver o problema dos ex-combatentes emigrados no estrangeiro».

É verdade, num país que está na MERDA, o estado oferece um aval de 20 mil milhões de €uros aos seus amigos banqueiros. Lembro que a França um país com outra dimensão apenas disponibilizou um pouco mais de metade, o que quer dizer que afinal para os amigos as nossas finanças não estão nada más. Que favores estão a ser pagos? Por outro lado, ROUBAM aos antigos combatentes 3 milhões de €uros. Dá para entender?

O estado não governa. GOVERNA-SE. E eu... fui mais uma vez ROUBADO. Duplamente, direi, porque além de ex-combatente sou professor, onde me congelaram a carreira, impedem a progressão com avaliações anedóticas (mas de que professores PS no exercício político estão isentos)...
Quem não tiver bancos, e tachos pendentes deste grupo de cobardes, não se esqueça de nas próximas eleições votar errado. Votem onde quiserem. Como já aqui disse... há vida para além desta TRAMPA!!!

sábado, 18 de outubro de 2008

A loucura do momento, ou do 1º Ministro... ou dos pais!



Gatos e o Magalhães

Ou ainda...



Os Contemporâneos

Mas... ainda tem utilidade, nem tudo é mau.



Chega mesmo a ser uma enorme fonte de informação quando ligado à Net.



Com o empenho deste governo, Primeiro Ministro e da senhora que inteligentemente (?) gere a educação dos Portugueses, começa assim, nas camadas mais jovens a grande batalha deste executivo contra a info-exclusão. E como já haviam prometido a educação sexual nas escolas... Vamos lá Papás e Mamãs, aplaudam tão arrojado esforço destes governantes. Na realidade, os vossos rebentos mais cedo ou mais tarde vão aprender estas matérias tão importantes à vida humana. Porquê esperar para amanhã? Aplaudam a antecipação... e... viva o Magalhãezito!!!


6.10.2008
Fonte: Público
A polémica instalou-se na blogosfera e no YouTube. Em acções de formação promovidas pelo Ministério da Educação, professores foram convidados a inventar canções de louvor ao computador Magalhães. Há professores que consideram «surreal» a iniciativa.


Surrealismo? -Não. É mais uma estupidez, de um governo não menos estúpido. Um governo, que procura apoio nos professores os mesmos que não respeita e despreza, para mais um dos seus abortos, que quer e está a impor aos portugueses.

.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Grande poeta é o povo

Migalhães

Lá vem pelo avelar
O filho do Zé João
Vem do centro escolar
Cansado de palmilhar
A caminho da povoação

Não há médico na aldeia
E a antiga escola fechou
Não tem carne para a ceia
Nem petróleo para a candeia
Porque o dinheiro acabou

O seu pai foi para França
Trabalhar na construção
E a mãe desta criança
Trabalha na vizinhança
Lavando pratos e chão

Mas o puto vem contente
Com o Migalhães na mão
E passa por toda a gente
Em alegria aparente
De quem já sabe a lição

Um senhor muito invulgar
Que chegou com mais senhores
Veio para visitar
O novo centro escolar
E dar os computadores

E lá vem o Joãozinho
No seu contínuo vaivém
Calcorreando o caminho
Desesperando sozinho
À espera da sua mãe

Neste país de papões
A troco de dois vinténs
Agravam-se as disfunções
O rico ganha milhões
E o pobre...Migalhães

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Disfarça...

As uniões de pessoas com orientação sexual diferente, está condenada. Não bastava um senhor PAPA (será que papa mais que os outros, ou só se dedica a papar?), agora são os papas (papam à nossa custa) do governo e parlamento. Se a originalidade destes papas políticos é copiar o que os outros países fazem, porque não repararam na vizinha Espanha, mesmo aqui ao lado? Além do mais são burros. Agora, será que quem tem preferência sexual diferente, terá de se esconder? Pensei que esses tempos tinham sido ultrapassados.

Cartoon de Henrique Monteiro

Razão tem o Henrique Monteiro, com o seu traço, seu espírito...
Senhores papas políticos... tenham vergonha. Tomem resoluções que defacto tenham algum impacto junto daqueles que vos alimentam. E... se é por vergonha... se são homossexuais e têm medo que se saiba... a Santa Inquisição está finada (a não ser que a queiram ressuscitar com mais alguma das vossas leis idiotas.). Para finalizar, respeitem o povo, independentemente das suas opções na cama.



.

sábado, 4 de outubro de 2008



Doi ver e ouvir este vídeo. Abram o som... e oiçam.

Toda a gente sabe... vídeo sobre o Portugal actual.

Está bem feito, a música enquadrou-se no tema, vale mesmo a pena ver e ouvir...
Aos ouvidos mais sensíveis, cuidado com as palavras finais.

Já foi exibido mais de cinco mil vezes, mas não está gasto , podem crer.



.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Professor Colocado...

sábado, 27 de setembro de 2008

Um pouco de humor... não faz mal.

Avisosparoquiais
View SlideShare presentation or Upload your own.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

NADA QUE JÁ NÃO SE TIVESSE COMPREENDIDO...

Jorge Pedreira admitiu hoje o óbvio: a Avaliação do Desempenho não tem por objectivo cimeiro aumentar a qualidade da oferta educativa das escolas e, muito menos, promover o desenvolvimento profissional dos docentes. Nas palavras do Secretário de Estado (que é Jorge mas que de educação nada percebe) apenas visa contribuir para a redução do défice público. -- Eureka!
O enigma da má-fé ministerial fica finalmente revelado.
No fórum da 'TSF' da manhã de hoje, Pedreira, justificou os motivos pelos quais o ME discorda da proposta de António Vitorino em adiar a avaliação e testar-se o modelo preconizado pelo M.E. em escolas piloto durante um ou dois anos.
Pedreira (o Jorge, que até é secretário da ministra Lurdes), confessou o politicamente inconfessável:
'*Terá de haver avaliação para que os professores possam progredir na carreira e assim possam vir beneficiar de acréscimos salariais*' (sic).

Ou seja, aquilo que hoje se discute no mundo ocidental (democrático e desenvolvido, como rotula mas desconhece o 'primeiro ministro'), gira em torno da dicotomia de se saber se a avaliação do desempenho docente serve propósitos de requalificação educativa (se para isso directamente contribui) ou se visa simplesmente constituir-se em mais um instrumento de redução do défice público.
Nesta matéria, Pedreira (o tal que é Jorge e ao mesmo tempo teima em ser secretário da ministra que também parece oriunda de uma pedreira), foi claro: *Importa conter a despesa do Estado com a massa salarial dos docentes *; o resto (a qualidade das escolas e do desempenho dos professores) é tanga(!!!).
Percebe-se, assim, porque motivo este modelo de avaliação plagia aquele que singra na Roménia, no Chile ou na Colômbia. Países aos quais a OCDE, o FMI, o *New Public Management* americano, impôs: *a desqualificação da escola pública em nome da contenção da despesa pública*; Percebe-se, assim, porque razão a ministra Maria de Lurdes (que tem um secretário que, como ela, também é pedreira) invoque a Finlândia para revelar dados estatísticos de sucesso escolar e a ignore em matéria de avaliação do desempenho docente.
Percebo a ministra pedreira: não se pode referenciar aquilo que não existe.
A Finlândia, com efeito, não tem em vigor qualquer sistema ou modelo formal e oficial de avaliação do desempenho dos professores!
Agradeço à pedreira intelectual que grassa no governo de Sócrates (que por acaso não é pedreiro -- até é engenheiro (será)), finalmente nos ter brindado com tão eloquente esclarecimento. Cito-os:
*A avaliação dos Docentes é mais um adicional instrumento legislativo para combater o défice público (!).
Obrigado, Srs. Pedreiras, pela clarificação do óbvio



.

Voltou o «Lápis Azul», ou mudou para «Rosa»?


CLUBE BILDERBERG

Os Senhores do Mundo

de Daniel Estulin

Preço: EUR 19,95

Editor: Temas e Debates

ISBN: 9789727597840

Ano de Edição/ Reimpressão: 2005

N.º de Páginas: 300

Encadernação: Capa mole

Dimensões: 15 x 23 x 2 cm

Disponibilidade: Esgotado ou não disponível ...(porquê? CENSURA?)


SINOPSE
Imagine um clube onde presidentes, primeiros-ministros e banqueiros internacionais convivem, onde a realeza presente garante que todos se entendem, onde as pessoas que determinam as guerras, controlam os mercados e impõem as suas regras a todo o mundo dizem o que nunca ousariam dizer em público. Pois este clube existe mesmo e tem um nome. Ao longo dos últimos cinquenta anos, um grupo seleccionado de políticos, empresários, banqueiros e outros poderosos tem-se reunido em segredo para tomar as grandes decisões que afectam o mundo. Se quiser saber quem mexe os cordelinhos nos bastidores dos organismos internacionais conhecidos, não hesite: leia este livro.
Não temendo pôr em risco a própria vida, Daniel Estulin foi a única pessoa a conseguir romper o muro de silêncio que protege as reuniões do clube mais exclusivo e perigoso da história.
Fique a saber:
- Porque se reúnem os cem mais poderosos do mundo todos os anos durante quatro dias.
- O porquê do silêncio dos media em relação a estas reuniões.
- Que vínculos existem entre o Clube Bilderberg e os serviços secretos ocidentais.
- Quais os planos do Clube Bilderberg para o futuro da humanidade.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Campanha contra o livro 'Clube Bilderberg - Os Senhores do Mundo'

Mensagem de Daniel Estulin

«Chamo-me Daniel Estulin. Sou o autor de 'Clube Bilderberg - Os Senhores do Mundo'. Devido a algumas informações muito perturbadoras que temos recebido dos nossos amigos em Portugal, estou a escrever a todos os bloggers portugueses a pedir ajuda.
Recebi informações de alguém que trabalha para a Temas & Debates em Portugal que os editores receberam FORTES PRESSÕES de membros do governo PARA NÃO VENDEREM O LIVRO acerca do Clube Bilderberg. Aparentemente este apanhou mesmo o governo de surpresa e assustou-o. Têm medo que este se torne num fenómeno mundial. De facto, está a tornar-se num fenómeno mundial, uma vez que foi editado em 28 países e em 21 línguas.

Esta carta é um pedido de ajuda. Por favor enviem-na a qualquer pessoa disposta a lutar pela liberdade de expressão. O governo e o meu editor em Portugal, Temas & Debates, estão a tentar sufocar este livro porque têm medo que este possa criar uma base que se transforme num movimento populista em Portugal, como já aconteceu na Venezuela, na Colômbia e no México, nos quais a primeira edição esgotou em menos de 4 horas e causou manifestações em frente das embaixadas dos EUA, algo que, como é óbvio e devido ao bloqueio da comunicação social, você não viu nem ouviu na televisão nem na imprensa nacionais.
Se não enfrentarmos estas pessoas da Tema & Debates e do governo, elas irão vencer esta luta e nós, o povo, ficaremos UM POUCO MENOS LIVRES E UM POUCO MAIS PODRES INTERIORMENTE.

Peço a todos aqueles que queiram ajudar que:
1. Apelem a todos os bloggers que por aí andam a telefonarem para a Temas & Debates e perguntarem o que se passa e a EXIGIREM que vendam este livro. Já contactei todas as pessoas que conheço pessoalmente e estas estão a organizar uma campanha de telefonemas e de envio de cartas PARA TELEFONAREM OU ESCREVEREM À TEMAS E DEBATES E EXIGIREM UMA EXPLICAÇÃO.

2. Estão dispostos a telefonar aos vossos contactos na imprensa, aos vossos amigos e aos amigos dos vossos amigos e verem se estão dispostos a publicar esta história e em ajudarem? O que o editor e o governo mais temem é O ESCRUTÍNIO PÚBLICO E A ATENÇÃO INDESEJADA.

Quantas mais pessoas telefonarem e assediarem o editor, e o governo, menos possibilidades terão eles de levar essa tarefa a cabo. Se não fizermos algo seremos tão só MENOS LIVRES NO FUTURO. É ESSE O OBJECTIVO DA BILDERBERG. MAS NÃO É ISSO O QUE EU QUERO PARA OS MEUS FILHOS.

Com base nas nossas fontes no Porto e em Lisboa, descobri que a muitas pessoas têm ido à FNAC à procura do livro mas que, de acordo com a FNAC, 'o editor, por qualquer razão, não está disposto a vendê-lo.'
Posso dizer-lhes, por experiência própria em Espanha, que esta pressão funciona. Inicialmente a primeira edição foi de 4.000 exemplares que se esgotou num dia. A Planeta (a editora espanhola - nota do tradutor) estava a ser MUITO vagarosa no reabastecimento das livrarias. Organizamos uma campanha massiva na comunicação social na qual isto quase se transformou num ponto crucial para a liberdade de expressão. E funcionou. A Planeta cedeu, o livro avançou e actualmente foram vendidas mais de 65.000 cópias. Também podem divulgar este número na vossa página.


Além disso, estou a organizar uma série de seminários em Portugal para falar sobre os Bilderbergers e os Planos da Ordem Mundial. Esta atenção indesejada irá irritá-los profundamente. Os Bilderbergers são como vampiros. O que odeiam mais que tudo na terra é que a luz da verdade brilhe sobre eles.

Se isto resultar em Portugal, irei enviar uma dura mensagem a outros países que desejem ceder à pressão dos membros do governo ou a quem quer que seja.
Agradeço-lhe adiantadamente e estou disponível para o que possam desejar de mim.»


-------------------------------------------------------------------------------------------------
Não é por acaso que tenho andado preocupado. Enganado? -Provem-me o contrário por favor, para que volte a confiar um pouco neste bando de oportunistas a quem alguém se lembrou de chamar políticos.
Porque desapareceu este livro, e possivelmente muitos outros. Tirem as vossas conclusões.
No tempo de Salazar e depois de Caetano, era conhecido o uso e abuso do lápis azul, por quem nem sequer sabia o que fazia. Hoje, parece que voltámos a esses tenebrosos tempos, só que com refinamento. Vamos lá... assumam o «Lápis Rosa» e sejam homens de verdade. Deixem de enganar o povo que num momento acreditou em vós.


.

domingo, 14 de setembro de 2008

Relatório da OCDE sobre EDUCAÇÃO

O que o Ministério sabe mas esconde cobardemente, de forma a virar os portugueses menos esclarecidos contra os que trabalham dia a dia para dar um futuro melhor aos filhos dos outros.

'Os PROFESSORES em Portugal não são assim tão maus...'

Consulte a última versão (2006) do Education at a Glance, publicado pela OCDE. Em...

http://www.oecd.org/dataoecd/44/35/37376068.pdf

Se for à página 58, verá desmontada a convicção generalizada de que os professores portugueses passam pouco tempo na escola e que no estrangeiro não é assim. É apresentado no estudo o tempo de permanência na escola, onde os professores portugueses estão em 14º lugar (em 28 países), com tempos de permanência superiores aos japoneses, húngaros, coreanos, espanhóis, gregos, italianos, finlandeses, austríacos, franceses, dinamarqueses, luxamburgueses, checos, islandeses e noruegueses! No mesmo documento de 2006 poderá verificar, na página 56, que os professores portugueses estão em 21º lugar (em 31 países) quanto a salários! Na página 32 poderá verificar que, quanto a investimento na educação em relação ao PIB, estamos num modesto 19º lugar (em 31 países) e que estamos em 23º lugar (em 31 países) quanto ao investimento por aluno. E isto, o M.E. não manda publicar... Não tem problema. Já estamos habituados. Divulgo aqui para que um maior número de pessoas possível, tenha acesso à verdade.



.

A actualidade...

video

Sem comentários...


.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Alunos chumbam menos mas não sabem mais

As taxas de retenção nos ensinos básico e secundário baixaram, mas especialistas duvidam que os alunos saibam mais. Chumbar é tarefa cada vez mais difícil para os professores, numa escola que dizem ser pouco interessante e exigente.
(Jornal de Notícias - 9Set)
No entanto, o primeiro, o sr Zé, está contente com os números fornecidos pelo Ministério da Educação (ou encomendados ao referido ministério). Para ele, só os números parecem ter real importância. Não lhe interessa o resultado futuro desta falta de política educativa. Falta de visão? IGNORÂNCIA? Sem dúvida.
Para estes políticos parece normal não se saber nada, fazer exames ao domingo, enviarem exames por fax para uma qualquer Universidade mais Modernaça... (pelo menos assim foi publicado e não desmentido). Por coisas do destino, a Universidade foi fechada, e os documentos arrecadados para que olhos curiosos não os pudessem consultar e publicar. OK!!! - dá para perceber todo o facilitismo imposto às escolas.

E os três macaquinhos?O Zé diz que não vê (pudera!)... a Manela nada diz (o pessoal ainda se lembra da porcaria que fez quando ministra da educação; de facto, calar é o mais inteligente!)... o sr Silva não ouve nada (para não ter de responder - é mais cómodo!)

Pobre PORTUGAL... a tua juventude está a ser preparada para ser servente da Europa. Com qualificações fictícias, não restam outras saídas.


.

sábado, 6 de setembro de 2008

Cheguei...

Pronto, as coisas pioraram. Tenho estado bem descontraído a pisar a areia, a ver o mar... e as férias tinham de acabar. Bolas... lá vou ter de "gramar" as palermices dos nossos governantes e de outros patetas.
Mas já que cheguei... lá tenho de voltar a "bater" nestes... nem sei o que lhes chamar (as férias fizeram mesmo bem).
Bom... até um dia destes.

.

domingo, 3 de agosto de 2008

Aqui d'El Rei... quem acode...

O Brasil, teve e não sei se ainda tem, os «Equadrões da Morte». Segundo constou por aqui, eram constituídos por polícias que vendo a justiça não funcionar,resolveram fazer justiça pelas próprias mãos. Por cá quando os homens desta terra tinham tomates, tivemos a famosa justiça de Fafe.
Agora, com a geração rasca instalada, tudo parece ter acalmado, embora a revolta se manifeste na maioria do povo. Mas, numa terra de brandos costumes onde a justiça se vendeu ao poder e os ladrões se instalam nesse mesmo poder, pergunto se não se justificava uma acção mais independente e desinfestante, que purificasse este canto à beira mar plantado. Pode parecer que estou a ser demasiado alarmista, pelo menos, aos olhos dos mais desatentos. Mas vamos relatar alguns casos de puro roubo que permanece impune e tem a protecção deste governo.
A EDP, apresentou 700 Milhões de €uros de lucro (foi noticiado, não invento nada) resultantes do roubo aos consumidores e pasme-se, prepara-se para aumentar o preço da electricidade. O governo apressa-se a dizer que não, que continue o roubo como está. Se fosse um governo pelo povo, fazia baixar imediatamente o preço que o consumidor paga, com base no lucro exagerado; claro, se os amigos não tivessem por lá um tachito e eles próprios algum intere$$e.
A Galp, façam algumas contas... há um ano, qual o preço do petróleo e qual o preço da gasolina? Agora, qual o preço do petróleo e qual o preço imposto aos combustíveis. Vejam simplesmente se coincide. E o estado a dar plena cobertuda a esse roubo. Pergunto... intere$$es pessoais? Como é sabido estes dois sectores podem por si só fazer com que a indústria saia do seu estrangulamento, assim como os transportes e comércio. Se o governo não actua é porque não quer e tem intere$$es fortes nos sectores. Mas porque não pode estar mau para todos, os endinheirados deste país para os seus iates e passeios inúteis, pagam o mesmo que os pescadores pagam para o combustível dos seus barcos, usados para trabalhar. E o ilustre ministro das pescas vem dizer que o combustível não pode baixar para quem trabalha e paga os seus vencimentos assim como de todos os parasitas que o acompanham.
O ministro das finanças... maior ladrão? -Como não sabia onde havia mais de roubar, prepara-se para ROUBAR o complemento de reforma de todos os ex-combatentes. Daqueles que não fugiram por cobardia, que acreditaram na Pátria, que não foram cobardes como a maioria que hoje está sentada na Assembleia da República e instalada no governo. Será isto Justiça? É isto um governo para o povo? Nem Salazar teria feito pior, porque apesar de tudo, tinha princípios. Hoje o que temos?
Um país podre, a precisar de uma super limpeza. Não haverá ninguém que resolva fazer justiça já que a justiça há muito que se demitiu? Com tantos desempregados a ver a família sofrer, enquanto um grupo de ciganos faz birra porque não gostam das casas que lhes foram dadas a 5 ou 7€ mas têm bons carros à porta de casa e armas que não são baratas... com o Silva preocupado com 8 artigos e a ignorar as dificuldades do povo em adquirir artigos para viver... Não é por acaso que Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve está a fazer uma campanha extraordinária de recolha de alimentos. Mas claro o silva voltou para férias. Já agora... esses gajos trabalham? É que eu saiba, o conceito de férias é associado ao trabalho.
Garanto que se começarem a aparecer umas balas perdidas mas certeiras, não vou ficar nada surpreso. Não era este o País que eu sonhei e tudo isto me entristece. Este é o País que o «Menino de Oiro do P$» destruiu e continua a arrasar. Um País de ladrões, uma Associação Criminosa chamada Portugal. Faz 40 anos que Salazar caiu da cadeira. A história não se repete? Espero que sim!!! Que caiam das cadeiras e partam os cornos... ou que se criem alguns «Esquadrões da Morte» e façam justiça, já que ela há muito foi de férias!!! Aqui d'El Rei , que é só ladrões...

.

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Comunicado do sr. Silva

Tenho andado meio baralhado com tudo isto, daí o meu silêncio. Mas hoje resolvi ver Tv, porque o sr. Silva resolveu falar ao povo... para quê? - Para dizer que estava atento? Mas... não é para isso que o povo lhe paga?
Tanta dramatização com uma comunicação, e... a montanha pariu um rato? É o que parece. Para dizer que quando foi primeiro ministro fez e aconteceu? Eu ainda lembro do sr. Silva quando «não tinha dúvidas e raramente se enganava», assim de como o povo tantas vezes foi enganado.
Que culpa tenho eu de ter esta memória?

Aliás, o povo diz que as coisas boas, o bem que nos fazem, podemos esquecer. agora as más, porque nos magoam, nos marcam, não esquecemos. Confesso que mais uma vez o sr. Silva me desiludiu. Estava à espera que pedisse desculpa ao povo que não pode passar férias como ele porque este governo com o seu compadrio gastou 26,8 milhões de euros no ano passado com os nobres gestores deste país (ver Jornal de Notícias dia 30 Jul). As contas deste ano ainda não foram feitas, mas aposto com quem quiser que a conta aumentou.
Estava à espera que falasse na saúde que o engº(?) diz estar uma maravilha mas para o irmão ser tratado, foi em Espanha e, agora sabe-se que a gestão privada foi mais um aborto (Daí a pressa em legalizar o aborto - digo eu!) e, a gestão pública simplesmente perdeu as listas de espera (Para as estatísticas dizerem que havia menos utentes em espera? -Novo aborto!). Ainda pensei que falasse na Educação, onde o governo impõe mais uns abortozecos, até porque em Setembro começa um novo ano escolar. Qual quê... Nem tocou no assunto.

Ainda tive esperança que tocasse na justiça portuguesa... pasme-se... também não disse nada.

Tive esperança que tocasse mesmo ao de leve no caso da pequena Maddie e dissesse que afinal, porque as nossas relações com Inglaterra são tão boas, que tivemos de satisfazer o pedido dos políticos de Sua Majestade. Sim porque nada me convence que o arquivamento não foi encomendado. E... claro que os nossos políticos(?) quais cães subservientes, prontamente deram aval a tão infame pedido. E os nossos juristas como meninos obedientes ao poder, limitaram-se prontamente a executar.








(Cartoon de Henrique Monteiro)


Mas... o sr. Silva não disse nada disso.
Lisboa, 31 Jul (Lusa) - O Presidente da República justificou hoje a sua comunicação sobre o Estatuto Político-Administrativo dos Açores por considerar que se está perante um "precedente muito grave para o equilíbrio dos poderes dos órgãos de soberania".


Que desilusão... e jantei eu mais tarde!


.

domingo, 20 de julho de 2008

Tauromaquia... olé!!!

Dia 19, «IV Corrida das Mulheres» TVI, na Praça Monumental de Coruche e, troféu «Toiro Lindo». Transmitido pela TVI.

Não vou falar dos mais de 4000 que estavam na praça a assistir, nem dos que em casa estavam de olhos no monitor tal como eu, mas a julgar pelos 3.800.000 telespectadores da última transmissão do Campo Pequeno pela TVI, também devem ter sido bastantes.
Também não vou falar da forcadagem e da sua velentia pois é matéria sabida da maioria, mesmo daqueles que não apreciam touradas. Excepto claro, aquela minoria do pessoal da Animal, que não sabe o que isso seja.
Só vou referir as Mulheres que mostraram bravura, arte, valentia e saber.Gostei da corrida.
Só fiquei um pouco desiludido, porque a tal senhora(?) animal, perdão da Associação Animal, não compareceu e era uma corrida das mulheres. Não estão a perceber? -A tal que foi para Espanha exibir-se toda nua e enfeitada com banderilhas. Devo concluir que só há convicções às vezes? -Ou que só foi mostrar os seus atributos procurando arranjar noivo por já estar nos 30 e não querer ficar para tia como as outras empedernidas militantes da causa animal? Tive pena que não aparecesse.
Mas deixando as macacadas dos Animais e falemos das Mulheres... foi:
O classicismo de Ana Batista. A alegria de Sónia Matias e... a meninice de Isabel Ramos.

Isabel Ramos, uma praticante de 17 anitos a lidar desde há 4 anos. Bom se souberem fazer contas, é uma jovem que se iniciou aos 13 anos, em cima de um cavalo e frente a um toiro com quase 500 kg de força bruta. Quanto a isto, que me dizem os magistrados que pariram a tal resolução para impedir a transmissão da Corrida TV? Ou só são contra a RTP, o tal canal que pertence ao patrão que lhes paga? Será que esta miúda é um mau exemplo para os jovens como alegaram? Se assim é, fico preocupado, pois a praça estava cheia de jovens e crianças, devidamente acompanhadas pelos pais.
Mais uma vez... não dá para perceber certas atitudes, certas convicções... aliás até desconhecia convicções temporárias.


.

quinta-feira, 17 de julho de 2008

O país das maravilhas

Afinal, o tão propagandeado país das maravilhas do senhor engenheiro, parece que só existe no discurso dele próprio e dos seus acólitos. Os indicadores que levaram o IVA a descer 1 ponto percentual foram fornecidos pelos altos crâneos que por tacho trabalham(?) para este governo e como é hábito do governo está tudo errado.
É verdade, o sr administrador do Banco de Portugal, que ganha balúrdios, que só por acaso também é socialista, veio a público desmentir o primeiro deste país, veio dar razão ao FMI e suas previsões, as mesmas que o tal engº dizia serem desfasadas da realidade. Finalmente, desta vez, o engº estava certo, tenho de reconhecer. As previsões estavam por defeito, porque o país (com a sua governação) está bem pior do que tinham previsto.
A não ser que estejamos perante mais uma loucura governamental, a de tentar impingir umas centrais nucleares ao Zé Povinho, justificando a opção com o custo do petróleo e o deficit deste governo.
Bom... se é esse o recado mandado dar por quem já foi ministro do ambiente...e que é dado por um colega de partido bem pago com o nosso dinheiro...não me surpreendia nada. Deste grupito P$ espero tudo, desde que lhes traga bom lucro.
Estou a exagerar? O futuro o dirá.
No entanto, o panorama é «Zé Aperta o Cinto» agora e nos próximos tempos.
Para quando «Ó Zé, aperta-o tu!». Ou mesmo, haja quem lho aperte. Já é tempo do Zé (Povinho) apertar com o Zé (engº?). De Zé para Zé.

.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

O Poder sem poderes ou, Poderes dentro do poder!!!

O QUE FOI DITO - 11 Julho 2008 - 15h00 (Correio da Manhã)

Não é nas leis que está o problema da Administração da Justiça, mas nos magistrados. Um bom magistrado faz boa Justiça mesmo com más leis. O sindicalismo na magistratura é uma aberração. Apenas procura mais dinheiro, menos trabalho e mais poder. É uma das causas para a degradação do sistema judicial. Passa-se com alguns magistrados o mesmo que se passava com os agentes da PIDE: sabem que ninguém os respeita, mas são temidos.
Nos tribunais está tudo organizado de acordo com os interesses de quem lá trabalha. Muitos dos nossos magistrados agem como se fossem divindades.
Pois é… quem não está de acordo com os poderes instituídos… torna-se suspeito. E se não estou enganado, é mesmo um alvo a abater. O futuro o dirá. Mas porque é que os magistrados estão a mostrar-se incomodados? Afinal só foram ditas algumas verdades. Nem sequer foram ditas todas, sobre uma classe que só tem privilégios e parece não ter deveres. Se forem pronunciadas sentenças injustas, porque interessou a alguém ou foi simplesmente encomendada ou mesmo mera "burrice", não há problema, pois nada acontece e… «pode recorrer a outra instância superior», para tudo ficar na mesma. Se eu na minha profissão falhar, estou sujeito a uma qualquer investigação, um processo e se a falha for provada sou e muito bem, penalizado. E na justiça que sucede? NADA. O corporativismo vigente tudo desculpa, tudo abafa. São as denúncias sobre corrupção (e não é só no futebol) que ficam por esclarecer... e aquele caso de um tal desembargador que quer embargar a resolução de outros cinco só porque não concordavam com ele...

Estou farto de ouvir que a justiça é cega. Confesso que só há pouco comecei a entender porquê, embora ainda tenha algumas dúvidas. Será porque uns tipos em julgamento não concordaram e deram no olho do juiz... note-se que não os estou a defender, tal como não defendo quem se deixa corromper... mas estará aí a causa? Ou serão outras razões por que levam os juízes a ficarem cegos.

Será que por terem três meses de férias (enquanto os processos se acumulam nos tribunais) ficam com tempo de sobra e não sabem o que fazer aos dedos, acabando por os meterem onde não devem e depois... a justiça fica cega??? - Quem sabe....

.

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Quando falha a imaginação... plagia-se!

SÓCRATES
O MENINO DE OURO DO PS
Estes modernos pseudo-políticos de aviário, são um desastre, uma treta, uma fraude. Desde a tentativa de branqueamento de uma famosa licenciatura tirada ao domingo, ao plágio do menino d'oiro...
Plágio sim! Porque "O Meu Menino é d'Oiro" que eu me lembre... nunca foi do PS, mas sim do Zeca que até nem era socialista PS.
Consultem por favor o «Álbum Baladas de Coimbra - 1962
Músicos: Rui Pato tema 01 - Menino d'Oiro (José Afonso)».
Senhores do PS, ou só e apenas simpatizantes à procura de tacho, ou simplesmente "lambe-botas" (não sei de quem foi tão brilhante ideia), se tal desconheciam... é favor consultar http://delta02.blog.simplesnet.pt/ e serão elucidados.
E... comparações não existem. Tentativa de colagem a quem foi e será sempre um GRANDE?
- Não me surpreendia nada, com tanto oportunismo instituido... Mas já que me fizeram lembrar o Zeca, eu respondo-vos com a imagem que me inspiram. E que ele se fosse vivo vos cantaria (não tenho dúvidas).




Mas a verdadeira imagem do menino Sócrates, encontreia no Blog de Henrique Monteiro. Um grande cartoonista português. Esta sim, deveria fazer capa do tal "livreco", por fazer justiça à realidade social que se vive e muito por obra do menino.

O Menino de Ouro do PS... porquê? por governar um País em que o povo está em desconfiança permanente? o Último da União Europeia não obstante o caudal de €uros injectados? Já agora que entrou tanto dinheiro, gostaria de saber onde está o OURO!!!

.

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Ainda há coisas boas na Net!!! - Juro!!!

Nas minhas andanças pela net, tenho descoberto algumas pérolas. Uma delas, o blog de um cartoonista português, de nome (fixem bem) Henrique Monteiro. Fiquei impressionado pelo estilo do traço, pela oportunidade das suas intervenções, pela sagacidade, pelo humor... uma verdadeira pérola, cada obra que sai p'la sua mão. Depois de algum tempo de observação, resolvi entrar em contacto e pedir autorização para publicar nalguns dos meus postes, neste blog, trabalho do referido autor. Simpaticamente respondeu a autorizar. Meus amigos, está para muito breve neste (nosso) local de encontro, a apresentação de trabalhos deste nosso artista, que vou sentir muita honra em divulgar e, sem tentar uma boleia ou colagem, completar as minhas fracas intervenções. Aguardem!!!

.

domingo, 6 de julho de 2008

Um ano passou...

06 de Julho de 2008. Este Blog, faz hoje um anito de vida.

Um anito de Blogosfera, de bons e menos bons momentos. Com piadas foleiras para descongestionar, de assuntos mais sérios para comentar a actualidade, de revoltas, de desabafos...
Para todos os que aturaram a minha irreverência durante este tempo, os meus parabéns. A vocês que vieram gargalhar, galhofar e até mesmo ficar "chocados" com algumas interpretações menos politicamente correctas, o meu obrigado (mesmo quando mandavam um email a dar o respectivo puxão de orelhas). Mas como vos disse no início há um ano, os meus cachorros são assim. E umas vezes alimento um, outras alimento o outro. Não esqueçam que a vida é assim mesmo, com duas faces contraditórias e complementares. Mas vocês que me aturaram, é que estão realmente de PARABÉNS (mesmo que não tenham comentado para não se comprometerem e, por fora, davam um "... Porreiro Pá..." como o outro!). Por terem ajudado neste anito... Obrigado! Vá lá uma fatia de bolo e...
Prometo não ser melhor daqui para a frente.


.

sábado, 5 de julho de 2008

Exames nacionais, ou o fracasso do governo (mais um)!

Não é segredo para ninguém o esforço enorme que este governo está a fazer para legitimar a sua inoperância, a sua incompetência a nível da educação (já para não falar de outros níveis sobejamente conhecidos do povo português).
Como as suas brilhantes cabeças para mais não dão, na busca de soluções efectivas, pela sua valta de visão a nível do futuro deste país, há que nivelar os objectivos bem por baixo, de acordo com o seu conhecimento e compreensão.
Nova política educativa? - com base em quê? Nas suas experiências? - Não deve faltar muito para se instituir os exames ao domingo e outros feitos em casa e enviados por fax, ou por email que está mais de acordo com o Plano Tecnológico Nacional.
Ontem estive entretido a ler as notícias nos vários órgãos de comunicação nacional. A grande notícia foi, não o facilitismo na matemática que todos conheciam e esperavam, mas o desgosto (para o governo) do português, que foi o pior resultado dos últimos três anos.
Fiquei pasmado.
O Secretário de Estado da Educação reconheceu, esta sexta-feira, «alguma preocupação» com os resultados no exame nacional de Português e prometeu tomar medidas para inverter a situação. À TSF, Valter Lemos não poupou nas críticas à Sociedade Portuguesa de Matemática - onde estão das melhores «cabeças pensantes» deste país (Valter Lemos diz que não reconhece a Sociedade Portuguesa de Matemática). Pasme-se!!! Quem é este secretáriozeco? -Será que alguém (tirando os compadres do governo) lhe reconhece algum valor?
O Secretário de Estado da Educação mostrou, esta sexta-feira, «alguma preocupação» com o facto de a média das notas no exame nacional de Português ter ficado abaixo dos dez valores pela primeira vez em três anos.
Pobre língua portuguesa... se o senhor Lemos vai inverter a situação... podemos contar no próximo ano lectivo com exames idênticos aos deste ano, em que até os alunos em plena prova se riam das questões. Para o ano... será algo do género, mas adaptado ao Português:

Como podem estes governantes falar em futuro se o estão a comprometer, ao instituir a ignorância nos nossos jovens, esses sim o futuro de Portugal.
Educação, não é facilitismo. Educar é preparar o futuro, sem ser com base no compadrio, nos favores e cedências, é trabalhando, treinando e desenvolvendo capacidades. Certo... estes senhores desconhecem isso.


.

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Cuidado... não peide na água...



Sou tão mau...





.

Desapareceu...






Desapareceu... se puderem ajudar...
Aqui fica o aviso... Mas... não comento!!!



.

terça-feira, 1 de julho de 2008

ÁGUA OU VINHO????

NÃO POSSO PRIVAR OS MEUS AMIGOS DESTA NOTÍCIA.

Foi comprovado em pesquisa científica que se beberes mais de 1 litro de água por dia, durante 1 ano, no final do ano terás ingerido mais de 1 quilograma de coliformes fecais que estão diluídos na água, ou seja:
1 quilo DE MERDA !!!
Já bebendo vinho... não se corre esse risco uma vez que, esses coliformes não sobrevivem ao processo de fermentação. Por isso peço que comuniques a todos os que bebem água que essa porra faz mal!!
Está dado o alerta! Depois não digas que eu não avisei!! Quem tiver consciência vai chegar à conclusão de que :

'É muito melhor beber vinho e dizer umas merdas, do que beber umas merdas e não dizer nada'.




Tenho estado a pensar... será que os tipos do governo andam a beber muita água?







.

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Uma "bjeka" pró calor, vai?



Com este calor e com os acontecimentos postados ultimamente, permitam-me oferecer uma "Jola", uma "Bjeka", enfim... qualquer coisa que alegre o pessoal.


.

Verdades!!!


Isto chegou-me por email. Na continuação do anterior poste, resolvi publicar. Para não dizerem que é «mau feitio» meu, tem links e tudo conforme chegou. Por favor não desanimem.


É tanta a porcaria ... não sei se haverá tempo para ler tudo, mas …

O ESTADO … a que isto chegou!!!
Tachos, cunhas, escândalos, corrupção, ladroagem... PORTUGAL!!!

Até quando calaremos?
Tachos e Cunhas

AS REFORMAS CHORUDAS

Corrupção em Portugal? Burrice?

Saúde dos Tugas




.


Labels

Labels

Modified by Blogger Tutorial

Conversas sérias (?) com o Tó... (curtas e grossas...) ©Template Nice Blue. Modified by Indian Monsters. Original created by http://ourblogtemplates.com

TOP